Por helio.almeida

O Ministério da Educação (MEC) informou que deve alterar uma pergunta do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 que vem gerando polêmica. Na inscrição, o aluno precisava responder a um questionário socioeconômico. Na questão número 7, dentre os itens na lista, o candidato deveria assinalar quais ele possui dentro de casa. Na relação de objetos, havia TV, geladeira, automóvel, computador e a opção "empregada mensalista".

Opção ‘empregada mensalista’ na mesma lista de outros itens domésticosReprodução Internet

O MEC reconheceu a infelicidade da pergunta. "O ministro Aloizio Mercadante considera que a forma da pergunta que se refere a trabalhadores domésticos é inadequada, e vai encaminhar a necessidade de sua adequação, preservando os critérios técnicos, mas garantindo integralmente o respeito àqueles trabalhadores".

A presidente da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad), Creuza Maria de Oliveira, disse que é um ato discriminatório porque reduz a empregada a objetos e que não foi perguntado se na casa do aluno havia pais, filhos ou parentes. "Só objetos e as empregadas domésticas".

Você pode gostar