Por helio.almeida

Bandidos roubaram um restaurante no Itaim Bibi, bairro nobre da Zona Sul de São Paulo, na noite de quinta-feira. Pelo menos 20 pessoas foram roubadas durante arrastão, que ocorreu por volta das 23h30. Entre as vítimas está o jornalista Felipe Andreoli, do programa "CQC" da Band, que estava com sua família.

Repórter do "CQC" usa as redes sociais para desabafar e criticar o governo de São PauloReprodução Internet

Nas redes sociais, o repórter se mostrou indagnado e mencionou o governador do Estado, Geraldo Alkmin (PSDB): “em menos de dois meses, minha família foi assaltada na porta da maternidade e dentro de um restaurante. Alguma explicação?”, questionou no Twitter. “Se você mora no Itaim, não saia de casa que tá feio”, destacou.

Androli disse que os ladrões diziam que quem escondesse algum pertence seria baleado. "Os caras estavam tão loucos que quando passaram na nossa mesa - nossas carteiras, relógios e celulares em cima da mesa – e só levaram a correntinha da minha cunhada e o celular do meu irmão", afirmou no Tumblr.

O jornalista voltou a publicar comentários sobre o crime, mas dessa vez mencionando o governador de São paulo, Geraldo Alckimin (PSDB): "A dona do restaurante, louva-se, chegou envergonhada e pedindo desculpas, chorando, como se fosse culpa dela. Nao é, né @geraldoalckmin_?"

Cinco minutos de tensão

Os ladrões renderam três seguranças e dois manobristas que estavam na porta, entraram no salão e anunciaram o assalto. Havia cerca de cem pessoas no estabelecimento, que fica na Rua João Cachoeira.

Os assaltantes levaram celulares, carteiras e relógios dos clientes em pouco mais de cinco minutos que ficaram dentro do restaurante. Em seguida os criminosos fugiram a pé. Nenhum suspeito foi preso.

Você pode gostar