Feliciano tenta votar 'cura gay'

Deputado quer derrubar resolução que proíbe psicólogos de tratar a homossexualidade como doença

Por O Dia

Brasília - Esquecido por alguns dias, o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), marcou para esta terça-feira a votação do projeto de lei da "cura gay".

Pastor Marco Feliciano%2C presidente Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara%2C defende a "cura gay"Agência Brasil

O projeto pretende derrubar a resolução do Conselho Federal de Psicologia, em vigor desde 1999, que proíbe os profissionais de participar de terapias para alterar a orientação sexual e de tratar a homossexualidade como doença.

Caso a proposta do parlamentar seja aprovada, será possível a participação de psicólogos na tentativa de reverter a homossexualidade de alguém. É mais uma das várias tentativas feitas para votar a matéria, que tem parecer favorável do relator, deputado Anderson Ferreira (PR-PE).

Últimas de _legado_Brasil