Corpo a Corpo: A gente estancou ou foi o mundo que cresceu?

Aécio Neves e Fernando Henrique vêm ao Rio para um dedo de prosa com possíveis parceiros em 2014

Por O Dia

Rio - Quando o ex-deputado Jorge Picciani não quis avaliar se os protestos pelo país poderiam infernizar a vida do senador Lindbergh Farias (PT-RJ), tive a certeza de que alguma coisa estava realmente fora da ordem. “Acho que ainda é muito cedo para opinar”, resumiu na sexta-feira o presidente regional do PMDB.

Não deu nenhuma pancada no pré-candidato do PT ao governo do estado e me deixou de caneta na mão, sem chance de fazer só mais uma perguntinha. Depois eu soube que o presidente regional do PT, Jorge Florêncio, já tinha feito duas reuniões com PDT, PCdoB e PSB — uma turma que um dia a gente chamou de ‘esquerda’, lembra? Para quê? Para ver se passa a ressaca do pileque homérico no mundo que esses meninos expuseram nas ruas, talvez?

ABRE O...

Aécio Neves e Fernando Henrique vêm ao Rio para um dedo de prosa com possíveis parceiros em 2014. Cesar Maia já cansou de dizer que o DEM quer dar palanque ao mineiro. E o tucano Otavio Leite que topa quase qualquer negócio por apoio ao senador. Somei dois com dois. Deu cinco e ganhei nova obsessão: e se estiverem considerando Otavio vice de Cesar de novo? Fui nos dois.

... JOGO, AÊ!

Otavio jurou que o PSDB quer ter candidato a governador, mas está disposto “a fazer o que for necessário” por Aécio. Cesar escapuliu: “Está muito longe para decidir”. Nenhum dos dois deu — como diria Leonel de Moura — um ‘não rotundo’ à minha doce pergunta.

Últimas de _legado_Brasil