PSOL quer ouvir na Câmara embaixador dos Estados Unidos no Brasil

Embaixador dos Estados Unidos no Brasil é convidado a prestar esclarecimentos sobre as denúncias de espionagem

Por O Dia

Brasília - O líder do PSOL na Câmara, deputado Ivan Valente (SP), protocolou nesta terça-feira na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, convite para que o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon, preste esclarecimentos sobre as denúncias de espionagem do serviço de inteligência americano no Brasil.

O requerimento deve ser votado nesta quarta pelo colegiado. Para o parlamentar, as denúncias são gravíssimas e demonstram a “total vulnerabilidade à que está submetida a privacidade de milhões de brasileiros.”

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), divulgou nota ontem (8) na qual diz que caberá ao Congresso Nacional averiguar a veracidade das denúncias sobre atos de espionagem dos Estados Unidos nas telecomunicações brasileiras e exigir explicações das autoridades responsáveis.

Em plenário, Calheiros leu a nota. Ele disse que as comissões de Relações Exteriores da Casa e de Controle de Atividades de Inteligência, com atuação mista com a Câmara, deverão investigar o assunto e “esclarecer ao Brasil o ocorrido”. Para o presidente do Senado, as denúncias feitas pelo jornal O Globo de que o Brasil foi um dos principais países espionados pelos serviços de inteligência americanos são “graves, preocupantes e devem ser investigadas em profundidade”.

Últimas de _legado_Brasil