Por raphael.perucci
Presidenta Dilma precisa se comunicar melhorArte%3A Nei Lima / O DIA

Rio - Não que me surpreenda saber que é cada vez mais um problema a ausência na presidenta Dilma daquela malemolência retórica de Lula. A novidade é que, pela primeira vez desde eleita, ela é esperada em uma reunião do diretório nacional do PT — sábado, em Brasília — justamente para explicar como, tipo e-xa-ta-men-te, ela quer que o partido a ajude a governar e a ser reeleita.

“Ninguém melhor do que ela para explicar o que ela quer. Mas está faltando comunicação”, entrega o presidente regional do PT no Rio, Jorge Florêncio. Ele explica que um item importante da pauta da reunião é o plebiscito da Reforma Política que Dilma ainda quer fazer, mesmo já tendo tomado um toco na Câmara.

O vice-presidente nacional do PT, Alberto Cantalice, que já cansou de se aborrecer por criticar a presidenta, jura que o tal do “problema de comunicação” é “do governo” e não de Dilma. Sei.

‘JUÍZO’

O secretário-geral do PT, Paulo Teixeira (PT-SP), não me deu muita conversa para não cair em “casca de banana”, apelido carinhoso do deputado para minhas doces perguntas. Mas, depois de dizer que a presidenta “reagiu bem às ruas”, confirmou que, se Dilma for mesmo, o encontro servirá para “aprofundar os cinco pontos do pacto”.

Teixeira se referiu ao pacote de promessas que a presidenta fez para acalmar as ruas . Também perguntei se o PT mandou “convite” ou “convocação” para Dilma . Resposta rápida: “Convite. A gente tem juízo.” Ah, aproveitei a carona para perguntar que papo é esse de “Lula 2014” e ouvi que o Cara é o candidato dele “para 2018”. Hein?

Você pode gostar