Por helio.almeida

São Paulo - A Tropa de Choque da Polícia Militar de São Paulo foi chamada nesta segunda-feira para conter a rebelião que acontece na Penitenciária de Itirapina desde a 11h deste domingo. Parentes dos presos foram mantidos reféns e dois detentos foram mortos durante briga.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), 68 pessoas, entre idosos, gestantes e crianças, são mantidas reféns. Pelo menos três ônibus e 10 viaturas da Tropa de Choque deixaram a capital durante a madrugada para conter a rebelião. Por enquanto, não há acordo para encerrar o motim.

Dois presos morreram. O problema teria começado depois que uma visitante foi impedida de entrar por problemas na documentação. O marido teria ameaçado protestar matando alguém. Os presidiários então não deixaram niguém sair. Os parentes dizem que os detentos estavam insatisfeitos com o horário das visitas, que seria curto.

Você pode gostar