Homem tenta pagar prostituta com cartão do Bolsa Família

Caso ocorreu na Bahia e já está sendo investigado pela polícia

Por O Dia

Bahia - Uma situação inesperada ocorreu em Itapetinga, na Bahia. Um homem, identificado apenas como "João", tentou pagar uma prostitua e o motel em que ocorreria o programa sexual com o cartão do Bolsa Família.Tudo começou quando a prostituta pediu que "João" adiantasse o pagamento dos R$50 cobrados pelo serviço. O cliente, então, percebeu que não tinha dinheiro e perguntou se a moça aceitava o cartão do Bolsa Família.

Por causa da discussão entre os dois, a radiopatrulha da Polícia Militar(PM) foi chamada até o local. De acordo com os policiais, "João", irritado com a situação, gritou: "Itapetinga está atrasada mesmo, nem as putas aceitam cartão".

A polícia já está investigando a utilização indevida do cartão do Bolsa Família. Se comprovada, o cartão será cancelado. De acordo com regras do programa, toda titular é sempre a mulher da casa. No entanto, ainda não se sabe quem é a verdadeira dona, já que o cartão não foi apreendido pela polícia.

Últimas de _legado_Brasil