Rita Lee perde na Justiça e vai indenizar policiais sergipanos em R$ 245 mil

Cantora desacatou 33 policiais durante show de despedida em janeiro de 2012, em Sergipe

Por O Dia

Sergipe - O Supremo Tribunal Federal decidiu nesta sexta-feira que Rita Lee terá que pagar R$ 245 mil de indenização por danos morais a policiais militares de Sergipe. A cantora desacatou 33 policiais durante seu show de despedida em janeiro de 2012 em Barra dos Coqueiros, Sergipe. A decisão é definitiva e Rita não pode mais recorrer.

Rita Lee desacatou policiais e terá que pagar indenizações Divulgação


Tudo começou quando policiais começaram a revistar os jovens que estavam na platéia do show. Rita não gostou da atitude e se pronunciou a favor de seus fãs. A cantora, revoltada com os PMs, que utilizaram de força para revistar os presentes, proferiu palavras de baixo calão. "Vocês não têm o direito de usar a força na meninada que não está fazendo nada. Seus cachorros, vocês estão fazendo de propósito", gritou Rita.

Como não cabe mais recurso, Rita Lee tem 15 dias para desembolsar cerca de R$7 mil para cada policial. Caso não pague, pode ser cobrada uma multa de 10% sobre o valor total da condenação.

"Agradeço à justiça brasileira e principalmente aos magistrados sergipanos, que não deixaram os policiais militares sergipanos serem desacatados e desmoralizados pela cantora Rita Lee", disse o presidente da Associação dos Militares do Estado de Sergipe, sargento Jorge Vieira.

A assessoria da cantora ainda não se pronunciou sobre o caso.

Últimas de _legado_Brasil