Jovem que praticou trote na Record pode responder por ato infracional

Religioso criticou programas que repercutiram o ato de rapaz mostrar bumbum ao vivo e disse que deve processar os pais

Por O Dia

São Paulo - O trote feito por dois jovens no programa "Fala que Eu Te escuto", da TV Record, pode parar na Justiça. O bispo Clodomir Santos anunciou na última sexta-feira que a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) irá processar Grazielle Consentini e seus pais, pelo trote feito por ela e mais um rapaz, na última terça-feira, quando ele apareceu ao vivo na webcam com o bumbum de fora.

Rapaz surge%2C abaixa a calça e mostra o bumbumReprodução

O bispo Antônio Bulhões, que foi a atração do programa, disse que “os pais não devem ter dado a atenção necessária para ela, tanto que ela é intelectualmente incapaz de pensar seriamente”. Já o bispo Clodomir considerou que os responsáveis pelo trote seriam os integrantes do “Pânico na Band”, dizendo que eles influenciam mal a juventude brasileira.

“Não sei como existem emissoras que financiam isso, que deixam programas, se é que podemos chamar isso de programas, são programetes aí, pra influenciar mal os jovens. Esses programas que fazem tudo para denegrir a imagem dos outros. O problema não é a nudez, ou a crítica, é ela não respeitar um programa religioso, que ajuda muitas e muitas pessoas”, disparou.


Últimas de _legado_Brasil