Subcomandante da Guarda Civil de Mairinque e mulher são mortos a tiros

Filho de dez anos do casal também foi baleado na cabeça, mas sobreviveu e segue em estado grave em hospital

Por O Dia

São Paulo - O subcomandante da Guarda Civil Municipal (GCM) de Mairinque, Laércio Souza Lanes, de 43 anos, e a mulher dele, Lindalva Prado do Nascimento, 38 anos, foram mortos a tiros dentro de casa na noite de sexta-feira (9).

O crime ocorreu às 20h na rua Maria Santos Bernardes, no bairro Jardim Vitória. O filho de 10 anos do casal foi baleado na cabeça, mas foi socorrido e permanece internado em estado grave no Hospital Regional de Sorocaba.

Os criminosos utilizaram os dois carros da família na fuga. Um dos veículos capotou e os bandidos fugiram a pé. O segundo, foi encontrado queimado cerca de duas horas depois do crime em um bairro próximo ao Jardim Vitória. Até o momento, ninguém foi preso.

Últimas de _legado_Brasil