Corpo a Corpo: Graças a Deus eu não sou líder de bancada

Ex-prefeito Cesar Maia corre o risco de ficar sozinho na bancada do DEM

Por O Dia

Ex-prefeito Cesar Maia corre o risco de ficar sozinho na bancada do DEMArte O Dia

Rio - Deus sabe o que faz: com este meu jeitinho, digamos, brejeiro, fosse eu líder de bancada e soubesse que tem gente querendo me dar uma facada nas costas, sei lá o que eu faria. Mas, como vim ao mundo para ser só uma colunista malcriada, passarei ao relato mais ou menos frio dos fatos.

Estava eu tentando apurar a movimentação de Lindbergh Farias (PT) para perto do Solidariedade — aquele partido que o Paulinho da Força (PDT) quer formar e que tem no Rio Pedro Fernandes (PMDB) como embaixador —, dei de cara com um babado do DEM na Câmara do Rio que periga deixar Cesar Maia como único integrante da bancada. Dos outros dois vereadores democratas, pelo menos um — Tio Carlos — admite que já está costeando o alambrado.

Tio Carlos diz que não vai se candidatar a vereador de novo, que pensa em ser candidato a deputado estadual e que o Solidariedade é uma possibilidade real de futuro. Real e segura, aliás: se for para um partido que já existe, ele pode perder o mandato, o que não acontece se for para um partido novo.

E...?

Aí, perguntei a Tio Carlos se Cesar Maia, líder do DEM na Câmara, sabia desse ‘namoro’ com Pedro Fernandes. Ele foi didático: “Terei que ter essa conversa com ele (Cesar) em setembro” — a data limite para trocar de partido para 2014 é 5 de outubro. Tio Carlos completa: “Mas, se eu sair, ele será o primeiro a saber” — “primeiro” porque colunista não conta, né? Fui no outro vereador do DEM, Carlo Caiado, amigo de Pedro Fernandes. Ele jura que está “firme” no DEM, mas fez seu comercial, dizendo que já foi “assediado” pelo PP, PSDB e PSB.

TÁ NEM AÍ

Com a palavra, Cesar Maia: “Isso faz parte da rotina dos 30 dias anteriores à data limite. É assim em todos os partidos. Mas, no caso do DEM, não acredito que ninguém saia, até porque se eleger no DEM ficou mais fácil que em outros partidos. Por isso, não pensamos nessa hipótese.”

Últimas de _legado_Brasil