Por helio.almeida

Rio - Uma quadrilha especializada no tráfico internacional de armas foi desarticulada na manhã desta quarta-feira pela Polícia Federal. O armamento viria dos Estados Unidos e teria como endereço a Favela da Rocinha, na Zona Sul. Até ás 10h30 desta quarta, sete pessoas haviam sido presas. A operação foi batizada de Bed bugs, um inseto conhecido como "percevejo da cama”, encontrado nos Estados Unidos e na Europa.

Durante as investigações%2C 22 fuzis 726 e 12 mil munições foram apreendidosDivulgação

De acordo com a PF, as armas saíam de Miami escondidas em colchões que estavam dentro de contêineres, e eram desembarcadas no Porto de Santos, em São Paulo. O material seguia para as favelas da Rocinha e do Vidigal. Durante as investigações, 22 fuzis 726 e 12 mil munições foram apreendidos.

Ainda segundo a polícia, o principal cliente dos traficantes de armas era o traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha. A quadrilha já mandou para o Rio pelo menos 500 fuzis 762. A polícia ainda cumpre mais dois mandados de prisão expedidos pela Justiça.

Cinco pessoas foram presas no Brasil e duas nos estados Unidos. Entre as cinco pessoas presas, quatro foram capturados em Engenheiro Caldas e uma em Governador Valadares, ambas cidades do interior de Minas Gerais. Os presos são fazendeiros e comerciantes na região do Vale do Rio Doce. Outras duas pessoas estão sendo procuradas nos Estados Unidos com a ajuda da Interpol.

Os investigados foram indiciados pelo crime de tráfico internacional de arma de fogo e pelo crime de formação de quadrilha.Os presos foram encaminhados à penitenciária de Governador Valadares, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal. As investigações foram realizadas pela Polícia Federal em Minas Gerais, que contou com o apoio da Delegacia da PF em Santos e da Polícia Norte Americana.

Você pode gostar