Por helio.almeida

Rio - Um grupo de hackers tirou do ar nesta quarta-feira o site do Supremo Tribunal Federal (STF). A página ficou sem visualização por alguns instantes, mas foi rapidamente recuperada. Mesmo assim, eles prometeram novo ataque ao sistema do STF, que julga ainda nesta quarta a possibilidade dos condenados pelo mensalão de terem um novo julgamento em uma corte internacional. Os hackers pedem que os ministros votem "a favor do povo e não dos colegas".

Página do STF foi atacada%2C mas rapidamente sistema voltou ao normalReprodução Internet

"Operação Relampago! Bom dia Cybers, preparados para colocarmos abaixo o Supremo Tribunal Federal - STF? Qual o nosso objetivo? Mostrar a eles que queremos que vote a favor do povo e não dos colegas. Como não podemos falar diretamente com o Ministro Celso de Mello, vamos ensina-los a dançar um Tango!".

Os "Anoncyber & Cyb3rgh0sts" publicaram em seu perfil no Facebook o anúncio do ataque. O grupo ainda forneceu o caminmho para outros fazrem o mesmo. Após o ataque, respondeu que o sistema ficou instável por cerca de um minuto e que iriam continuar até "ficar offline de vez". O usuário do perfilo ainda faz um aviso: "Se não diminuir a violencia contra a população vai ser pior da próxima vez".

Você pode gostar