Fim do voto secreto passa em comissão do Senado

Todas as votações no Congresso Nacional vão ser abertas. Texto ainda vai a plenário

Por O Dia

Brasília - Uma das reivindicações das manifestações que tomaram as ruas do país em junho, o fim do voto secreto no Congresso está próximo. Ontem, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou parecer da Proposta de Emenda à Constituição do Voto Aberto (PEC 43/2013), que propõe acabar com todas as votações secretas do Legislativo.

O texto aprovado é o mesmo enviado pela Câmara dos Deputados. Até o fim da noite, a expectativa era de que fosse aprovado em plenário.

A votação foi em sessão conturbada. Depois de quase três horas de discussão e várias manifestações contrárias à alteração no relatório, o senador Sérgio Souza (PMDB-PR) acabou voltando atrás e decidiu retomar o voto aberto para todas as votações do Congresso.

Com a retomada do projeto original, o texto vai ao plenário diferente do que sugerira o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). Ele queria o “fatiamento” da PEC, para que a mudança fosse apenas nas votações de cassação de mandato — sem interferência no voto secreto para indicação de autoridades e na análise de vetos presidenciais, por exemplo.

Do lado de fora do Congresso, manifestantes sem roupa e cobrindo-se com cartazes fizeram protesto pacífico que contou com a adesão do senador Eduardo Suplicy (PT-SP).[...] “Estou aqui me expondo. Não temos nada a esconder”, diziam os cartazes.

Últimas de _legado_Brasil