Dilma: 'Ninguém pode ir no salto alto'

Presidenta diz que maior preocupação é governar, mas ironiza adversários

Por O Dia

Minas Gerais - Em Minas Gerais para a inauguração de uma fábrica de componentes elétricos ontem, a presidenta Dilma Rousseff disse mais de uma vez que não está preocupada com seus possíveis oponentes porque precisa se concentrar em governo o país. Mas alfinetou os adversários dizendo que ninguém deve entrar na disputa “no salto alto”.

“Eu respeito todas as pessoas que pleiteiam. Meu problema é governar, não é ficar preocupada com quem vai ser candidato, até porque há indefinições. Então apesar de respeitar e de achar que ninguém pode ir no salto alto, o meu problema não é salto alto, meu problema é o seguinte: não dá para fazer as duas coisas simultaneamente, eu tenho que governar”, disse a presidenta, quando lhe perguntaram sua opinião sobre a aliança da ex-senadora Marina Silva e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, ambos do PSB.

Dilma também deu ‘conselhos’ à pessoas que querem concorrer à Presidência: “Elas têm que se preparar, estudar muito, ver quais são os problemas do Brasil, ter propostas. Eu passo o dia inteiro fazendo o quê? Governando. Minha atividade principal é exercer até o último minuto a Presidência da República.”

Últimas de _legado_Brasil