Fumaça da explosão em subestação de prédio de ministérios intoxica 30 pessoas

Causa da explosão foi um curto circuito que danificou cabos de baixa tensão na estação transformadora, segundo a Companhia Energética de Brasília (Ceb)

Por O Dia

Brasília - Trinta pessoas foram intoxicadas pela fumaça causada pela explosão ocorrida, na noite desta quinta-feira, na subestação da Companhia Energética de Brasília (Ceb), localizada no subsolo do prédio onde funcionam os ministérios das Comunicações e dos Transportes. Dezesseis delas foram encaminhadas para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran), mas sem gravidade.

Segundo o tenente-coronel Mauro Sérgio de Oliveira Francisco, chefe da Comunicação Social do Corpo de Bombeiros, a atenção maior foi para uma grávida e a um homem hipertenso.

De acordo com o militar, só uma perícia mais detalhada poderá esclarecer o que causou a explosão. “É prematuro dizer qualquer coisa agora”, disse. A perícia será feita imediatamente e o laudo ficará pronto nos próximos 30 dias. Cerca de 15 viaturas e 40 militares foram acionados para a operação.

Explosão na Esplanada dos Ministérios deixa 30 pessoas intoxicadasAgência Brasil

Oliveira destacou que a retirada das pessoas do prédio foi feita com rapidez. “As pessoas saíram rapidamente, e usaram as rotas de fuga, tanto que não tiveram problemas de desmaios e nenhuma situação grave”, declarou.

Veículos de socorro do Corpo de Bombeiros e as ambulâncias participaram da ação. As lonas nas cores vermelha, amarela e verde, usadas para distribuir as vítimas de acordo com a gravidade, foram recolhidas.

A Ceb informou que a causa da explosão foi um curto circuito que danificou cabos de baixa tensão na estação transformadora. De acordo com a companhia, A função dos cabos danificados é distribuir energia da estação para o prédio.

Por causa do problema, o fornecimento de energia foi interrompido e técnicos estiveram no local para fazer a reposição dos cabos. A Ceb disse ainda que a estação transformadora está recebendo reformas civis e de pintura e que não havia funcionários da empresa no local quando ocorreu o problema.

Explosão na Esplanada dos Ministérios deixa 30 pessoas intoxicadasAgência Brasil

Outra explosão ocorreu em fevereiro

Esta é a segunda vez que ocorre uma explosão no prédio. Em fevereiro deste ano, um problema parecido, também na subestação da Ceb, causou danos ao edifício. Segundo o subsecretário de Planejamento, Orçamento e Administração do Ministério das Comunicações, Ulysses Melo, a explosão desta quinta-feira ocorreu em outra subestação. No problema anterior, o prédio ficou alguns dias funcionando com geradores de energia instalados na área externa. A subestação que pegou fogo foi substituída, com um custo de R$ 300 mil.


Últimas de _legado_Brasil