Pitbull é morto após matar dono e atacar mulher em São Paulo

Quando esposa chegou em casa com a filha, viu o marido caído no chão, com ferimentos feitos pelo cachorro

Por O Dia

São Paulo - Um cachorro da raça pitbull matou o próprio dono e atacou a mulher da vítima na noite desta segunda-feira no bairro Guilhermina, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O cão foi morto com dois tiros pela Polícia Militar. A filha ainda tentou defender a mãe, mas não conseguiu.

Para evitar novos ataques%2C foi preciso atirar no cachorro%2C que acabou morrendoReprodução Internet

Segundo a polícia, a mulher chegou em casa junto com a filha e viu o marido, de 52 anos, caído no chão, com ferimentos feitos pelo cachorro. O cão apareceu atacou a mulher. A filha conseguiu fugir. Uma viatura da PM passava pelo local. Como o portão da casa ficou aberto, o pitbull escapou.

Para evitar novos ataques, foi preciso atirar duas vezes contra o cachorro, a primeira na perna e a segunda no pescoço. O cão acabou morrendo. A mulher foi levada para o pronto socorro da cidade e permanece em observação. O caso foi levado para a Delegacia Sede de Praia Grande.

Últimas de _legado_Brasil