Por helio.almeida

São Paulo - Um manobrista foi morto após uma discussão na noite desta terça-feira em Santo Amaro, na Zona Sul da capital paulista. O próprio chefe do manobrista é o principal suspeito do crime, que ocorreu por volta das 19h.

Polícia procura acusadoReprodução Internet

De acordo com as primeiras informações, o supervisor Hermenegildo José da Silva, de 50 anos, teria deixado uma antena de televisão no meio do estacionamento. O manobrista Marcos Cristian de Melo, de 37 anos, teria pego a peça e jogado no lixo.

Quando o chefe viu a cena e começou a discutir com o empregado. O supervisor sacou uma arma e disparou duas vezes contra o rosto do funcionário, que não resistiu e morreu no local. A polícia procura o acusado.

Você pode gostar