Por helio.almeida
Vítima relatou que foi torturada, imobilizada e teve os dois olhos perfurados com uma facaReprodução Internet

Goiás - Começou às 8h50 desta sexta-feira a primeira audiência sobre o caso do homem que perfurou os olhos da ex-mulher em Goiás. Na sessão que ocorre no 1º Tribunal do Júri de Goiânia, irão depor a vítima, o acusado e testemunhas de defesa e acusação.

Wilson Bicudo foi denunciado pelo Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO) por tentativa de homicídio triplamente qualificado. A decisão sobre o crime pelo qual ele iria responder foi definido após um impasse, pois para o promotor, o crime foi um caso de lesão corporal grave.

A operadora de caixa Mara Rúbia Guimarães, 27 anos, foi agredida pelo ex-marido no dia 29 de agosto deste ano, logo após chegar em casa para o almoço. A vítima relatou que foi torturada e imobilizada. Em seguida, teve os dois olhos perfurados com uma faca.

Após 21 dias foragido, Bicudo se entregou e, segundo a Polícia Civil, ele confessou ter cometido o crime depois que a vítima se recusou a reatar o casamento. Mara já passou por uma operação no olho esquerdo e duas no olho direito. Em seis meses, deverá passar por uma nova cirurgia.

Você pode gostar