Por tiago.frederico
Pernambuco - Pouco depois de divulgada a morte de Reginaldo Rossi, nesta sexta-feira, diversas personalidades usaram as redes sociais para expressar seus sentimentos. A atriz Grazi Massafera comentou no Twitter: "A musica brasileira perdeu um grande cantor o céu ganhou mais uma estrela va em paz Reginaldo Rossi #RIPReginaldoRossi".
O cantor e ex-Fazendeiro Tico Santa Cruz postou em sua conta no Facebook: "Figuras emblemáticas de qualquer estilo merecem nosso respeito. O Brega de Reginaldo Rossi sempre foi leve e divertido. Fica esse brega de mal gosto atual e parte mais um artista que marcou sua história na música brasileira. Quando trabalhei como operador de Videokê, ouvi e até cantei sorrindo muitas vezes suas músicas. Luz no seu caminho".
Arlindo Grund comentou morte de Reginaldo Rossi em sua conta no InstagramReprodução Internet

Arlindo Grund, apresentador do "Esquadrão da Moda", do SBT, lembrou um sucesso do cantor em sua conta no Instagram: "Morreu o grande Reginaldo Rossi. Sinônimo de irreverência e, claro, de deliciosas músicas. 'Garçon, aqui nessa mesa de bar...' #RIPReginaldoRossi".

Publicidade
A colunista de fofocas Astrid Fontenelle comentou no Twitter: "RIP meu querido #reginaldorossi. Muitas entrevistas, muita bagunça... Sujeito da melhor qualidade!".

Representante do tecnobrega paraense, Gaby Amarantos postou no Instagram: "Nem consigo explicar o que estou sentindo, um mix de tristeza com alívio pois quando a gente ama alguém ñ aguenta ver o ser amado sofrendo e este homem na minha opinião é um dos MAIORES artistas do Brasil. [...] . Viva o Brasil que tem orgulho de ser assim 'BREGA' e brega estilo músicas está MUiTo longe do adjetivo por isso hoje eu grito CHEGA dessa injustiça de anos que ocorre com gêneros que nascem do gueto, da perifa, dos becos, chega da ignorância de pessoas que ñ sabem ou se recusam a discernir um do outro. EU SEMPRE VOU TE AMAR REGINALDO, OBRIGADA POR TUDO! #SerBregaÉSerFeliz".

Gaby Amarantos postou foto ao lado do "Rei do Brega"Reprodução Internet


Câncer no pulmão

Reginaldo Rossi morreu na manhã desta sexta-feira aos 69 anos. O artista estava internado no Hospital Memorial São José, no Recife, em Pernambuco, desde o dia 27 de novembro tratando um câncer no pulmão.

Reginaldo Rossi é conhecido como "Rei do Brega" Reprodução Internet

O médico que acompanhava o cantor, Jorge Pinho, informou nesta sexta que Rossi encontrava-se em "aplasia medular por conta da quimioterapia, a fase mais crítica do tratamento, quando o paciente perde as defesas e há uma redução na produção de sangue”. Segundo Pinho, era necessário cuidado para que o paciente não tivesse nenhuma infecção nesse momento.

Publicidade
Reginaldo Rossi havia voltado a respirar com a ajuda de aparelhos nesta quinta-feira. Ele apresentou uma uma "fatiga muscular e queda da saturação de oxigênio". De acordo com o boletim, Rossi estava em programação de hemodiálise diária e sob os cuidados de terapia intensiva. A pressão arterial do músico era estável, mas ele apresentou piora do volume urinário e fazia uso de antibióticos para tratar infecções.

Na última segunda, Rossi havia apresentado melhora no quadro respiratório e os médicos tinham retirado os aparelhos que auxiliavam o músico a respirar. Devido à hemodiálise, o cantor estava recebendo doações de sangue pelo banco Hemato, no bairro da Ilha do Leite, em Recife.

'Rei do brega'

Conhecido como "Rei do Brega", Reginaldo Rossi nasceu em 1944 no Recife, Pernambuco. O cantor e compositor iniciou sua carreira em 1964 e teve como inspiração os Beatles. Alguns de seus maiores sucessos são "Garçom", "Em plena lua de mel", "Leviana" e "A raposa e as uvas".

Participação em DVD

Em agosto, a banda Calypso gravou seu DVD em uma casa de shows em Brasília. Joelma e Chimbinha receberam os cantores Reginaldo Rossi e Amado Batista no palco para participações especiais.
Reginaldo Rossi faz participação especial na gravação do DVD da banda CalypsoFrancisco Cepeda / Ag. News



Publicidade