Por julia.amin

Brasília - De acordo com informações do Ministério da Justiça, o ex-deputado federal Romeu Queiroz, e os ex-dirigentes do Banco Rural Vinícius Samarane e José Roberto Salgado foram transferidos do Complexo da Papuda para Minas Gerais nesta segunda-feira. Agentes penitenciários acompanharam os presos durante o voo, que chegou em Belo Horizonte por volta das 11h30.

Além deles, outros três condenados estão em Minas. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, já havia autorizado a transferência de Kátia Rabello, ex-presidente do Banco Rural, e de Simone Vasconcelos, ex-funcionária de Marcos Valério. O ex-advogado de Valério, Rogério Tolentino, foi preso no estado mineiro.

A transferência de mais dois condenados já foi autorizada por Barbosa na última sexta, mas ainda não tem data definida. Os ex-deputados Pedro Corrêa e Pedro Henry irão para Pernambuco e para o Mato Grosso, respectivamente.

Você pode gostar