Por helio.almeida

São Paulo - Um jovem de 24 anos foi até a casa de um amigo para cumprimentá-lo no Natal e acabou morto em Piracicaba, cidade a 160 km de São Paulo. O ajudante de pedreiro, que é pai de dois filhos, não sabia que o dono do imóvel havia se mudado. Ao bater insistentemente na porta, o atual proprietário se irritou e baleou o rapaz duas vezes nas costas.

Vítima foi morta ao querer desejar 'Feliz Natal'Reprodução Internet

Como não via a família havia cinco meses, a vítima aproveitou para rever amigos da comunidade. Ele foi até um barraco onde chamou por um amigo. O homem que estava na casa ficou irritado com a situação e os dois discutiram. Segundo a família, o jovem chegou a pedir desculpas pelo engano, mas o homem o matou na frente dos tios e dos primos.

A vítima ainda correu por uma viela para escapar do atirador, mas não resistiu aos ferimentos que atingiram o pulmão e o coração. A polícia já sabe quem é o autor dos disparos, que é suspeito de outros dois homicídios na cidade, entre as vítimas, um policial militar aposentado. Ele passava a tarde na casa de uma tia no Parque do Sabiá, em Piracicaba.

Você pode gostar