Por julia.sorella

Rio - O presidente do Senado, Renan Calheiros, informou nesta sexta-feira que devolverá o dinheiro do custo de um voo no avião oficial que fez na semana passada ao Recife para fazer um implante capilar.

Calheiros enviou uma carta à Força Aérea Brasileira (FAB) para pedir que calcule os custos do voo para devolver o valor gasto pelo Estado, segundo informou a assessoria de imprensa do legislador, segundo veículos de imprensa locais.

Calheiros reconheceu que fez o voo entre Brasília e Recife no último dia 18. Um dia depois, o presidente do Senado se submeteu a um implante capilar no Hospital Memorial São José, do Recife, onde teria implantado 10 mil fios de cabelo na cabeça.

Os presidentes dos órgãos legislativos e judiciais, além dos ministros do governo têm direito a usar os aviões da FAB para viagens a trabalho e para ir e voltar de suas cidades de origem.

Você pode gostar