Por clarissa.sardenberg
São paulo - Uma médica, de 48 anos, sofreu um sequestro relâmpago por uma quadrilha formada por três jovens de 17 anos e Jorge Souza Santos, de 23, na noite neste domingo, no bairro Vila Mariana, Zona Sul de São Paulo. Ela foi agredida e trancada no porta-malas do próprio carro.
A mulher foi sequestrada após sacar R$ 1.400 numa agência bancária. Ela foi rendida por quatro ladrões no momento em que entrava no carro e ficou refém por cerca de quatro horas.
Quadrilha gastou cerca de R$24 24 mil em compras nos cartões de crédito da vítimaReprodução TV

A quadrilha parou num shopping e colocou a mulher no porta-malas do veículo. Após fazerem compras, seguiram para outro shopping da cidade e compraram roupas de grife e jóias. Eles gastaram cerca de R$24 mil e depois seguiram para um hipermercado.

Publicidade
Um dos menores chegou a gravar um vídeo mostrando parte da ação. Ele interrogou a vítima, querendo saber se o carro era rastreado e ameaçou ir à casa dela.
Uma pessoa que passava pelo local suspeitou da ação e avisou a polícia.
Publicidade
O maior de idade foi preso pela polícia em flagrante. Ele estava foragido da penitenciária de Guarulhos. Os outro menores,dentre os quais estava uma jovem, foram apreendidos. Dois deles já tinham passagem pela Fundação Casa, por roubo.
A vítima sofreu pequenos cortes na cabeça, mas já recebeu atendimento e passa bem. 
Publicidade