Por thiago.antunes

Saltinho (Santa Catarina) - Morreu na madrugada desta sexta-feira no Hospital Regional de São Miguel do Oeste (SC) Vanderlei Kogh, de 26 anos. Ele estava internado desde o dia anterior quando fora encontrado em casa, em Saltinho, com um tiro na cabeça, sem roupas em sua cama.  No imóvel, também foram encontrados o corpo de Silvane Bortoli, de 20 anos, e a irmã dela e mulher de Vanderlei, Margarete Bortoli, de 22 anos, que apresentava um ferimento no pescoço e sinais de envenenamento. Ela está internada em coma. Os três foram achados por irmão das mulheres.

Laudo do Instituto Médico Legal divulgado ontem confirmou que Silvane foi morta com uma pancada na cabeça. Por causa do ferimento, havia suspeita da polícia de que ela também tivesse sido baleada. Segundo os policiais, Silvane morava em Chapecó e estava em Saltinho, de férias, para visitar a família. Ela estava hospedada na casa da irmã e do cunhado.

No imóvel, que estava com as portas abertas, a polícia encontrou um revólver calibre 32. Mas, segundo parentes, nem um bem das pessoas ou da casa foi levado. A principal suspeita da polícia é de crime passional. Silvane, que já fora eleita rainha de Saltinho, trabalhava como representante de uma agência de modelos e costumava viajar pelo estado em busca de talentos.

Você pode gostar