Por clarissa.sardenberg
São Paulo - O secretário estadual da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, participou de encontro com a Polícia Militar para discutir a estratégia em relação aos "rolezinhos". Ficou definido que a PM só agirá se houver tumulto, segundo matéria da Agência Estado, publicada no site do iG.
"Uma coisa precisa ficar muito clara: a segurança dos shoppings é privada. A PM somente deve agir se houver quebra da ordem", afirmou Grella, em nota enviada pela secretaria. Ele disse ainda que os encontros de jovens são um "fenômeno cultural" e que "evidenciam a necessidade de o poder público investir em opções de lazer para os jovens".
Publicidade
Na nota, ele elogiou ações da Prefeitura focadas no lazer de jovens da periferia, como iluminação noturna de clubes municipais e a realização de atividades culturais nos Centros Educacionais Unificados (CEUs).
Três menores já foram detidos no 'rolezinho' em ItaqueraReprodução Internet