Ex-Corinthians, Piá é preso acusado por suspeita de roubo de caixa eletrônico

Ex-atleta foi detido com duas mulheres e objetos para realizar furtos em agências bancárias

Por ulisses.valentim

São Paulo - Ex-atleta do Corinthians, Santos, Portuguesa e Ponte Preta, Piá foi detido na madrugada desta quinta-feira, em Campinas, após suspeita de tentativa de roubou em um caixa eletrônico. Ele e mais duas mulheres, uma delas sua esposa, foram levados ao 1º Distrito Policial da cidade.

A prisão ocorreu após os policiais suspeitarem de um carro parado em frente a uma agência bancária. Piá tentou contornar a situação dizendo se tratar de um ex-jogador, além de afirmar que estavam esperando a esposa e a amiga concluírem um saque.

Piá foi preso sob a acusação de roubo de caixa eletrônicoDivulgação

Este não é o primeiro confusão de Piá com a Polícia. Em julho de 1999, quando atuava pela Ponte Preta, ele foi intimado de ser o coautor de um assassinato de um mecânico numa lanchonete em Limeira, no interior do Estado de São Paulo, mas em julgamento ele acabou sendo absolvido pela justiça.

Com 40 anos de idade, o meia também tem passagens por Coritiba, Santa Cruz e Bragantino. Seu último clube foi a Aparecidense-GO, há dois anos atrás. Em 2013, chegou a ser auxiliar-técnico da União São João de Araras . Seu auge foi entre 1999 e 2003, quando teve sua a convocação para a seleção brasileira cogitada por várias vezes.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia