'Uma das hipóteses é descarga elétrica', diz diretor do ONS sobre apagão

Chipp diz que falha humana está descartada. Relatório sobre o apagão deve ficar pronto em até 15 dias

Por O Dia

Rio - Um raio pode ter provocado o apagão que atingiu 13 estados e o Distrito Federal na última terça-feira. A possibilidade foi apresentada pelo diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp. Ontem, 48 horas após o incidente que afetou mais de três milhões de consumidores, a presidenta Dilma Rousseff se manifestou, mesmo assim por meio de nota. Ela cobrou dos operadores do sistema de energia elétrica adequada manutenção da rede de para-raios.

“A presidenta Dilma Rousseff reafirma a sua declaração de 27 de dezembro de 2012 de que o sistema elétrico brasileiro necessariamente precisa ser à prova de raios. O Brasil é um dos países com maior quantidade de raios do mundo, o sistema elétrico brasileiro foi montado para ser a prova de descargas elétricas, com uma gigantesca redes de para-raios. Se raios foram realmente responsáveis pela queda no fornecimento de energia, na última terça-feira, cabe ao ONS apurar se os operadores estão mantendo adequadamente suas redes de para-raios”, informou a nota presidencial.

Mais cedo, Hermes Chipp afirmou que “uma das hipóteses é descarga elétrica”, ao se referir à possibilidade de um raio ter atingido o sistema. O diretor-geral descartou a possibilidade de falha humana ou mecânica.

“Os técnicos estão fazendo uma releitura dos equipamentos, se houve dano ao isolador, verificam porque o raio provocou o curto e se foi um raio”, disse Chipp. O relatório fica pronto em 15 dias.

Operador registra novo recorde de consumo de energia no país

De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o país voltou a registrar recordes no consumo de energia na quarta-feira, por conta da onda de calor. As regiões Sul e Sudeste/Centro-Oeste, separadamente, também ultrapassaram limites de carga de energia no mesmo dia, informou o órgão.

Segundo um relatório preliminar da operação no dia, às 15h41 foi registrado recorde de carga de eletricidade demandada, com um valor de 85.708 MW (megawatts), superando o consumo anterior, obtido na segunda-feira, dia 3, quando o gasto de energia no Brasil atingiu 84.331 MW.

Já o nível dos reservatórios de água das hidrelétricas do Subsistema Sudeste/Centro-Oeste chegou ontem a 38,87%, conforme dados do ONS. O subsistema concentra 70% da capacidade de armazenamento dos reservatórios país. Em fevereiro do ano passado, o nível estava em 45,48% e, no mesmo mês de 2012, chegou a 80,13%.

No Nordeste, o patamar dos reservatórios está em 42,81%, no Sul, atinge 52,72% e, no Norte, o indicador chega a 65,91%. Hermes Chipp voltou a afirmar que o apagão não ocorreu por excesso de calor.

Últimas de _legado_Brasil