Ônibus são apedrejados após conflito entre motoristas e grevistas no RS

Funcionários que tentavam voltar ao trabalho tiveram veículos depredados quando tentavam deixar garagem de empresa

Por O Dia

Rio Grande do Sul - A greve de motoristas e cobradores de Porto Alegre entra no 12º dia nesta sexta-feira, com tensão entre grevistas e funcionários que querem voltar ao trabalho. Empregados da Viação Presidente Vargas não conseguem deixar a garagem, de acordo com a Rádio Gaúcha.

Funcionários da empresa Viação Teresópolis-Cavalhada (VTC) decidiram voltar ao trabalho após assembleia realizada no início da manhã, segundo o jornal Zero Hora. Quatro ônibus chegaram a sair da garagem, mas foram recolhidos por medo de depredação. Por volta das 8h, doze veículos entraram em circulação, mas foram apedrejados e retornaram à garagem.

Entre as principais reivindicações dos grevistas estão reajuste de 14%, aumento de R$ 4 no vale-alimentação, manutenção do plano de saúde e melhoria nas condições de trabalho.

Últimas de _legado_Brasil