Site de doações para Dirceu arrecada R$ 59 mil em 18 horas

Portal 'Apoio Zé Dirceu' recebeu colaborações de mais de 300 pessoas logo nas primeiras horas de criação do site

Por O Dia

Brasília - O site lançado por amigos e familiares do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, com o objetivo de reunir doações para a multa do mensalão, conseguiu arrecadar, em 18 horas, R$ 59.493,42 de mais de 300 pessoas. O portal "Apoio Zé Dirceu" foi criado nesta quarta-feira para ajudar no pagamento da multa de Dirceu no valor de R$ 971.129,92 estipulada pelo STF.

Em nota publicada no Blog do Zé Dirceu, a equipe do site agradeceu as contribuições logo nas primeiras horas e declarou que a campanha é uma resposta a "prisão ilegal" do ex-ministro da Casa Civil.

Imagem do site criado para arrecadar quantia da multa de José DirceuReprodução

"O site foi ao ar às quatro da tarde de ontem e em poucas horas já contamos com centenas de contribuições, milhares de visitas e muitas mensagens de solidariedade que só reforçam nossa certeza: mais que um gesto financeiro, o apoio é uma resposta à crescente indignação diante dos erros e violações do julgamento da AP 470 e, agora, nas decisões arbitrárias que mantém o ex-ministro ilegalmente em regime fechado." diz a nota.

Os organizadores do site anunciaram que irão fazer duas atualizações por dia, com o saldo de doações e o número de doadores.

A ideia de criar um site de doações foi a mesma adotada por José Genoino e Delúbio Soares, que conseguira, arrecadar o valor integral da multa. Delúbio, em seu site, levantou o dobro do que precisava e chegou a dizer que repassaria o excedente a Dirceu.

Preso em Papuda

José Dirceu foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão, por corrupção ativa e cumpre pena de 7 anos e 11 meses em regime semiaberto. No outro crime em que foi condenado por formação de quadrilha, o ex-ministro da Casa Civil ainda aguarda julgamento de recurso. Dirceu está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, nos arredores de Brasília, desde novembro de 2013, quando ele se entregou à Polícia Federal após o STF decretar sua prisão.

Últimas de _legado_Brasil