Por tamara.coimbra

São Paulo - O número de viagens com carros ou motos na região metropolitana de São Paulo cresceu 21% de 2007 a 2012, indica pesquisa da Mobilidade divulgada na segunda-feira pela Secretaria Estadual dos Transportes. O levantamento foi feito com 8.115 pessoas entre agosto e dezembro de 2012 e março e abril de 2013, em 31 regiões da Grande São Paulo.

Segundo a pesquisa, o número de viagens em todos os modos de transporte, que inclui as modalidades motorizadas (metrô, trem, ônibus, escolar, fretado, táxi, automóvel e motocicleta) e sistema não-motorizado (a pé e bicicleta) cresceu 15%, chegando em 2012 a 43,7 milhões de viagens diárias. Do total de pessoas entrevistadas, 54,3% optam pelo o transporte coletivo para se locomover na região e 44,7%, pelo modo individual.

A pesquisa indicou ainda que no transporte coletivo, os ônibus ainda realizam a maior parte dos deslocamentos (12,5 milhões de viagens por dia). O Metrô, que faz 3,2 milhões de viagens e o trem com 2,1 milhões aparecem na sequencia. Na modalidade transporte individual, os carros são responsáveis por 12,6 milhões de viagens diárias e as motos por um milhão.

Horário

Ainda de acordo com o levantamento, o horário do dia com mais deslocamentos na região é ao meio-dia, quando cerca de 5 milhões de viagens foram realizadas na Grande São Paulo em 2012. Nos tradicionais horários de pico da manhã e da tarde, são realizadas 4,5 milhões de viagens. Em 2007, o horário da manhã detinha a maior quantidade de viagens (4 milhões).

A entrada e saída das escolas, o horário de almoço e fim ou começo do expediente são os principais motivos para o aumento.

Você pode gostar