Por leonardo.rocha

Rio - Balanço divulgado nesta sexta-feira pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), vinculada ao Ministério da Justiça, mostra que a Campanha do Desarmamento recolheu 649.250 armas nos últimos dez anos, de acordo com registros até o último dia 9.

Armas devolvidas à Polícia FederalAlexandre Vieira / Agência O Dia


O balanço não discrimina, porém, a distribuição territorial dos recolhimentos nos anos anteriores. Mostra números por estado apenas deste ano. O estado com o maior número de armas devolvidas foi São Paulo (1.116), seguido de Pernambuco (501) e Rio Grande do Sul (288). O revólver foi o armamento mais devolvido (1.288). Depois, vêm espingarda (554) e carabina (166).

Roraima foi o estado com menos armamentos devolvidos no período, apenas três, enquanto Tocantins, Acre e Alagoas entregaram sete armas, cada.

O cidadão que quiser entregar armas ou munições, pode se dirigir a um dos 2.127 postos de recolhimento distribuídos pelo país. Os postos funcionam em 1.115 delegacias de Polícia Civil, 744 batalhões da Polícia Militar, 127 pontos da Polícia Federal, 64 da Polícia Rodoviária Federal, 48 da Guarda Municipal, cinco do Corpo de Bombeiros e 24 da sociedade civil.

Você pode gostar