Polícia prende mais um suspeito de participar de linchamento no Guarujá

Rapaz de 19 anos é um dos cinco suspeitos identificados pela polícia, com auxílio das imagens gravadas por celular

Por O Dia

São Paulo - A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira, em Guarujá, na Baixada Santista, o segundo suspeito de participar do linchamento da dona de casa Fabiane Maria de Jesus no último sábado. O rapaz de 19 anos é um dos cinco suspeitos identificados pela polícia, com auxílio das imagens gravadas pelos moradores do bairro Morrinhos, onde o crime ocorreu.

Fabiane Maria de Jesus sofreu traumatismo cranianoReprodução / TV Globo



Na última terça-feira, os policiais do 1º Distrito Policial do Guarujá haviam capturado outro homem, que também foi identificado a partir de imagens feitas durante o ataque. Fabiane foi confundida com uma mulher que teria sequestrado crianças para praticar rituais de magia. O boato surgiu de uma publicação na página Guarujá Alerta, no Facebook, que publicou o retrato falado da suposta sequestradora.

O responsável pela página que divulgou a notícia se apresentou na terça-feira e, segundo o delegado Luís Ricardo Lara, pediu sigilo sobre sua identidade e o conteúdo do depoimento, porque estava recebendo ameaças. O delegado informou que o homem mostrou disposição em ajudar e permitiu que a polícia tenha acesso a todo o conteúdo publicado na página.

O linchamento ocorreu no início da noite de sábado, na comunidade de Morrinhos, em Guarujá (SP). Fabiane foi amarrada e espancada até a chegada da Polícia Militar, que teve de fazer um cordão de isolamento para evitar que a população continuasse a agredir a dona de casa. Ela foi hospitalizada e morreu na manhã de segunda-feira.

Últimas de _legado_Brasil