Por fernanda.magalhaes

Amapá - Uma adolescente de 12 anos foi agredida por duas estudantes no colégio particular onde estuda na manhã desta sexta-feira, em Macapá. Ela teve parte dos cabelos cortados com tesoura e foi chamada de gorda pelas outras garotas que estavam com o uniforme da escola. O caso foi registrado na Delegacia de Investigações em Atos Infracionais (Deiai). Procurado, o colégio não se pronunciou sobre o assunto.

A estudante conta que foi atacada por volta das 7h30 antes das aulas começarem. Ao entrar no banheiro da escola, uma das agressoras a seguiu e trancou a porta do local. A outra estudante já estava no banheiro esperando a vítima e a colega. Ela foi jogada contra a parede, arrastada, teve parte dos cabelos cortados com tesoura e foi chamada de gorda. Ela só conseguiu se desvencilhar das agressoras quando empurrou-as. Depois se escondeu em um box do banheiro até as garotas irem embora e pediu ajuda pelo celular a uma amiga.

A vítima afirma que não lembra de ter visto nenhuma das duas garotas na escola e ressalta que não tem inimizades. Ela disse que o momento mais constragedor foi quando teve que reconhecer as agressoras indo até as salas de aulas com funcionários da escola. A estudante estava tão nervosa que não consegui fazer a identificação apesar de lembrar das agressoras.

A mãe da vítima, Karla Duarte, de 31 anos, disse que vai transferir a filha de turno e reclamou da falta de segurança no colégio onde não há câmeras nem vigilantes nos corredores. A jovem está abalada e não tem mais vontade de voltar à escola.

Você pode gostar