Por tamara.coimbra

São Paulo - O corpo do cantor Jair Rodrigues deixou a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) na manhã desta sexta-feira para ser enterrado no Cemitério do Morumbi. Um caminhão do Corpo de Bombeiros levou o corpo em cortejo pelas ruas da cidade.

>>> Galeria: O adeus a Jair Rodrigues

Jairzinho segue junto ao cortejo com corpo do pai Jair Rodrigues rumo ao cemitérioCaio Duran / Ag. News

O enterro deverá acontecer por volta das 11h e será fechado a familiares e amigos do cantor, que morreu na quinta-feira, aos 75 anos, vítima de uma infarto agudo do miocárdio.

O corpo foi velado durante toda a noite na Assembleia Legislativa, com a presença de vários artistas e a família do cantor. A viúva, Clodine, chorou muito e foi amparada pelos filhos Jairzinho e Luciana Mello. A cerimônia foi administrada pelo padre Antônio Maria e a cantora Alcione concedeu sua última homenagem cantando "Estrela Luminosa", de Altay Veloso.

Alcione concede última homenagem à Jair Rodrigues%2C enquanto Jair de Oliveira consola a mãe ClodineCaio Duran e Leo Franco / Ag.News

'Artista completo'

Vários artistas e personalidades lamentaram a morte de Rodrigues, incluindo a presidente Dilma Rousseff. "Não há como esquecer o entusiasmo e alegria contagiantes deste artista completo, talentoso e profundamente identificado com o coração do povo brasileiro", escreveu, em nota oficial.

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, também divulgou nota lamentando a morte do cantor: "Na voz de Jair Rodrigues, nossa música tão rica e sofisticada fica ainda melhor. Além de ser um dos nossos maiores intérpretes, Jair ainda era dono de uma alegria contagiante", disse.

Você pode gostar