Por fernanda.magalhaes

S√£o Paulo - Em greve desde o dia 23 de abril, professores da rede municipal de ensino de S√£o Paulo realizam, neste momento, uma assembleia em frente ao Museu de Arte de S√£o Paulo (Masp), interrompendo o tr√Ęnsito nos dois sentidos da Avenida Paulista, no centro da capital paulista. O ato teve in√≠cio por volta das 14h desta ter√ßa-feira.

Segundo a Pol√≠cia Militar, a mobiliza√ß√£o re√ļne cerca de 2,5 mil pessoas e ocorre de forma pac√≠fica. A inten√ß√£o dos professores, de acordo com a Pol√≠cia Militar, √© seguir em caminhada at√© a sede da prefeitura, no centro de S√£o Paulo.

Segundo o Sindicato dos Profissionais em Educa√ß√£o no Ensino Municipal (Simpeem), os profissionais reivindicam a incorpora√ß√£o de um b√īnus complementar ao sal√°rio, a valoriza√ß√£o profissional e melhorias nas condi√ß√Ķes de trabalho.

Procurada nesta terça pela Agência Brasil, a Secretaria Municipal de Educação ainda não se pronunciou sobre a manifestação dos professores.


Você pode gostar