Visita à Taça da Copa do Mundo é suspensa por causa de protesto

Pelo menos 7 mil pessoas conseguiram ver o troféu antes da visitação, que deve ser retomada nesta quarta, ser interrompida

Por fernanda.magalhaes

Distrito Federal - A visitação à Taça Fifa, que é a taça da Copa do Mundo, foi suspensa nesta terça por causa do protesto contra a Copa do Mundo, que ocorreu no fim da tarde no centro da capital federal, informou a empresa Coca-Cola, uma das patrocinadoras do Mundial e organizadora da visitação.

Manifestantes protestam contra a Copa do Mundo. Houve confronto com a Polícia Militar Agência Brasil/ Fabio Rodrigues Pozzebom

Segundo a assessoria da empresa, os manifestantes não chegaram ao estande, montado na área externa do Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, porém a organização decidiu suspender a visitação para que o público pudesse deixar o local em segurança. Pelo menos 7 mil pessoas conseguiram ver o troféu até as 17h. O horário de visitação era até as 21h.

A Taça da Copa do Mundo de Futebol é apresentada no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha Agência Brasil/ Marcelo Camargo

De acordo com a assessoria, a visitação deve ser retomada nesta quarta, último dia.

Manifestantes protestaram contra a realização da Copa do Mundo. Eles fizeram um ato em frente à rodoviária e, depois, decidiram seguir em direção ao estádio com uma taça alternativa da Copa do Mundo para substituir o troféu original. O protesto foi organizado pelo Comitê Popular da Copa, Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e por indígenas.Houve confronto com a Polícia Militar.

Brasília é o penúltimo destino da taça antes do início da Copa. O troféu segue para São Paulo, onde será a abertura do Mundial.

Últimas de _legado_Brasil