Por tamara.coimbra

Estados Unidos - A presidenta Dilma Rousseff é a quarta mulher mais poderosa do mundo, segundo o ranking anual da revista norte americana "Forbes", divulgado nesta quarta-feira. Dilma caiu duas posições desde o ano passado, e agora está atrás da chanceler alemã Angela Merkel, líder do ranking pelo terceiro ano consecutivo, da vice-presidente da Reserval Federal dos Estados Unidos, Janet Yellen, e da mulher de Bill Gates, Melinda, na terceira posição desde 2013.

O número de representantes nacionais não mudou, o Brasil segue com três integrantes no ranking. As outras duas brasileiras na lista são a presidente da Petrobras, Graça Foster, que subiu do 18º para o 16º lugar e a modelo Gisele Bündchen, que subiu do 95ª para o 90ª lugar.

Entre as sul-americanas, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, ficou em 19º e a presidenta do Chile, Michelle Bachelet, em 25º lugar.

Você pode gostar