Por leonardo.rocha

Rio - Quatro capitais brasileiras sofrem paralisações de motoristas e cobradores nesta quarta-feira. Rodoviários estão de greve em São Luís, Salvador, Florianópolis e Rio de Janeiro. Os manifestos são motivados por reajustes salariais.

Moradores de São Luís, Salvador, Florianópolis e Rio de Janeiro sofrem com redução do transporte públicoSeverino Silva / Agência O Dia


Em São Luís, no Maranhão, 100% da frota está parada e 750 mil passageiros não podem usar os coletivos pelo sexto dia consecutivo. Em Salvador alguns ônibus chegaram a sair das garagens no terceiro dia de greve na capital baiana, mas as ruas amanheceram vazias.

Já Florianópolis enfrenta uma quarta-feira também difícil, com 800 coletivos sem funcionar e 25 mil pessoas afetadas. No Rio, a situação é menos complicada, já que o movimento não teve boa adesão e 90% da frota está circulando, segundo informou o sindicato.

Você pode gostar