Marina Silva volta a criticar alianças ‘sem critérios’

A declaração foi feita num momento em que Marina e o PSB divergem sobre alianças

Por O Dia

Brasília - A ex-senadora Marina Silva criticou neste domingo em Brasília, durante a convenção que indicou o senador Rodrigo Rollemberg como candidato ao governo do Distrito Federal pelo PSB, as alianças partidárias sem critérios claros ou afinidades programáticas. A declaração foi feita num momento em que Marina e o PSB divergem sobre alianças para ampliar o apoio ao pré-candidato do partido à Presidência da República, Eduardo Campos.

Divergência entre Marina Silva e Campos é sobre a possibilidade de apoio do PSB à reeleição do governador Geraldo AlckminCarlo Wrede / Agência O Dia

A principal divergência entre Marina Silva e Campos é sobre a possibilidade de apoio do PSB à reeleição do governador Geraldo Alckmin, do PSDB, em São Paulo.

A ex-senadora, que deverá ser confirmada no dia 28 como companheira de chapa de Campos, já afirmou que não subirá em hipótese nenhuma no palanque dos tucanos.

Últimas de _legado_Brasil