Casos de dengue sobem para 13,7 mil em São Paulo

Taxa aumentou quase 10% em uma semana. Por enquanto, nenhuma morte foi registrada

Por O Dia

São Paulo - Os casos de dengue confirmados na capital paulista subiram para 13.679 neste ano, uma alta de 9,5% em relação à última semana, quando a cidade tinha 12.531 registros, informou a secretaria municipal de Saúde. Não houve novos registros de mortes, assim, o total de óbitos pela doença no município continua em dez pessoas.

O levantamento mostra que a maioria dos casos (69,8%) ocorreu entre março e maio. A taxa de incidência acumulada da cidade – 121,6 casos para cada 100 mil habitantes – é considerada média pelo Ministério da Saúde.

Segundo a secretaria, o número de notificações começou a desacelerar. “É possível concluir que o pior período da dengue neste ano está superado”, informa a nota. Por isso, a pasta não vai mais dividir os estágios de transmissão de dengue por distritos.

Nas zonas norte e sul da cidade, as ações de combate a dengue seguem até o próximo domingo em onze subprefeituras, com a ajuda de mais de 500 agentes, que farão bloqueios de criadouros, nebulizações e distribuição de 30 toucas para caixas d’água. As ações na zona oeste vão até a próxima terça-feira nas regiões da Lapa e de Pinheiros, onde atuarão 60 agentes.

Últimas de _legado_Brasil