Oi e Portugal Telecom anunciam acordo

Entendimento viabiliza fusão de empresas

Por O Dia

Rio - A Oi e a Portugal Telecom (PT) informaram ontem que fecharam acordo para viabilizar a fusão entre as duas empresas. A operação havia sido posta em xeque depois que vieram a público empréstimos feitos pela PT à Rio Forte Investments, holding do Grupo Espírito Santo (um dos acionistas da PT). 

Com o calote da Rioforte, que na terça-feira deixou de honrar 847 milhões de euros em dívidas, a participação da PT na CorpCo encolhe de 37,3% para 25,6%, dentro das bases do acordo.

O mercado reagiu bem ao entendimento. Os papéis preferenciais da Oi subiram 12,82%, cotados a R$ 1,76.

As ordinárias tiveram alta de 11,73%, cotadas a R$1,81. Conforme fato relevante da operadora, Oi e PT farão permuta. A PT entregará ações da Oi, num total de 16,6% do capital votante. A companhia portuguesa receberá títulos da Rio Forte, num valor de face equivalente às ações entregues à Oi.

Últimas de _legado_Brasil