Por tamara.coimbra

Sergipe - O Corpo de Bombeiros de Sergipe resgatou na manhã deste domingo quatro vítimas do desabamento de um prédio em construção em Aracaju, capital do estado, após passarem 34 horas do acidente. O edifício de quatro andares, ainda em construção, desabou na madrugada deste sábado, quando uma forte chuva atingia a cidade.

Uma criança de seis anos e um adulto foram os primeiros a serem retirados dos escombros, seguidos de um bebê de 10 meses e de outro adulto. O bebê recebeu os primeiros socorros ainda no local, depois de ser resgatado, mas não resistiu e morreu no início da tarde deste domingo.

A criança de 10 meses teve uma parada cardiorrespiratória no momento do resgate e recebeu massagem cardíaca. Ele chegou a ser transferido para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE). Ainda segundo informações do hospital, as outras três vítimas — um trabalhador da obra, a mulher dele e uma filha, de 6 anos — permanecem internadas e o estado de saúde delas é estável.

Segundo o assessor adjunto de comunicação do Corpo de Bombeiros, capitão Carlos Alves, o contato visual foi feito neste sábado por volta das 19h30 e, na manhã deste domingo, a equipe de bombeiros conseguiu acesso por um buraco, para oxigenação e hidratação das vítimas, que ficaram mais de 30 horas soterradas.

O imóvel que desabou fica na Rua Poeta José Sales Campos, no bairro Coroa do Meio, na Zona Sul de Aracaju, perto da orla da Atalaia, um dos principais cartões-postais da capital sergipana. Segundo o Corpo de Bombeiros, a causa do desabamento será investigada, e o laudo deverá ficar pronto em até 30 dias.

Você pode gostar