Por tamara.coimbra

São Paulo - Uma funcionária, cujo nome não foi revelado, da Creche Municipal Ferdinando Mechioretto, em Porto Ferreira, em São Paulo, foi afastada nesta quarta-feira após ser filmada batendo nas crianças sob suas responsabilidade, de 1 e 2 anos. As imagens foram gravadas no dia anterior pela câmera do pai de um dos meninos que, desconfiado com manchas roxas no corpo do filho e a recusa da criança de voltar à creche, instalou o equipamento na mochila.

Mulher sacode um menino pelos braços e o joga contra a paredeReprodução

Em imagens divulgadas nesta quarta pelo site G1, a funcionária aparece carregando uma criança por apenas um dos braços e a jogando com violência no chão. Em seguida, ela dá um tapa forte em outro aluno, depois o suspende pelos braços, sacode e o joga contra a parede. Na sala, há uma outra funcionária, que observa a colega agredindo os alunos, mas não se manifesta.

A decisão de colocar a câmera escondida na mochila foi tomada em reunião dos pais, depois que vários deles notaram a mudança de comportamento dos filhos, além das manchas nos corpos das crianças, que choravam na hora de ir para a creche.

A direção da unidade não quis comentar o caso, mas a Prefeitura de Porto Ferreira determinou o imediato afastamento da funcionária. Além disso, as imagens foram enviadas para a Polícia Civil, que abriu inquérito para apurar as agressões.

Maurício Pissinatti, pai de um dos meninos que é agredido nas imagens gravadas na creche, contou que o filho passou a mudar o comportamento desde fevereiro, ao entrar para a instituição. “Em casa, ao ser repreendido, ficava com medo e nem sequer andava. E voltava da creche com manchas e arranhões”, disse.

Você pode gostar