Sequestrador de hotel no DF é transferido para Penitenciária da Papuda

Jac Souza dos Santos, de 30 anos, teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva

Por O Dia

Distrito federal - O homem que, por quase oito horas, manteve refém um funcionário de um hotel na área central de Brasília na última segunda-feira foi transferido na manhã desta sexta-feira para o Complexo Penitenciário da Papuda. Jac Souza dos Santos, de 30 anos, teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva nesta quarta-feira pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios.

Suposto terrorista faz mensageiro de hotel em Brasília de refémReprodução Internet


O advogado Carlos André Nascimento disse que entrou com pedido de liberdade provisória para Santos e, segundo ele, o recurso deve ser submetido à análise do Ministério Público. A decisão da Justiça sai em até duas semanas. Santos responde pelo crime de cárcere privado e por ter causado grande sofrimento psicológico à vítima. Se condenado, pode cumprir pena de dois a oito anos de reclusão.

Homem invade hotel e mantém funcionário refém em Brasília

Na segunda-feira, o sequestrador se hospedou no Hotel Saint Peter por volta das 8h30. Subiu ao 13º andar, bateu na porta dos apartamentos mandando que as pessoas deixassem o prédio. Dizia que se tratava de uma ação terrorista, e mantinha um funcionário refém. O sequestro terminou após quase oito horas, quando ele se entregou à polícia.

Últimas de _legado_Brasil