Defesa Civil decreta estado de alerta em São Paulo por umidade baixa do ar

Nessas condições, pessoas com doenças respiratórias podem apresentar sintomas como tosse seca e cansaço

Por O Dia

São Paulo - Com temperatura média oscilante entre 31ºC e 34 ºC, a capital paulista enfrenta, nesta sexta-feira, mais um dia quente e de baixa umidade do ar. Por isso, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil decretou, por volta das 15h, estado de alerta em São Paulo. Ele é decretado quando a umidade do ar está entre 12% e 20%.

Segundo boletim do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), divulgado esta tarde, as estações meteorológicas dos aeroportos de Congonhas, na zona sul, Campo de Marte, na zona norte, e Cumbica, no município de Guarulhos, marcaram 34ºC. Nos três locais, as taxas de umidade alcançaram, respectivamente, 14%, 15% e 19%.

Nesta sexta-feira%2C dia 10%2C São Paulo teve a tarde mais quente dos últimos oito mesesMarcelo Camargo / Agência Brasil

Um boletim da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) indicou, às 16h, que a qualidade do ar na capital ficou moderada na maior parte da cidade, com exceção da região da Nossa Senhora do Ó e do Parque Dom Pedro II, que registrou índice considerado bom. Segundo a Cetesb, nessas condições de umidade no ar, pessoas com doenças respiratórias podem apresentar sintomas como tosse seca e cansaço. As que têm problemas cardíacos ou pulmonares devem evitar atividades físicas ao ar livre.

Segundo o CGE, não há previsão de chuva para os próximos dias na capital e o tempo deve permanecer seco, com temperaturas elevadas. Neste sábado, a previsão é de dia ensolarado, com temperatura mínima de 17 ºC e máxima de 33 ºC. No domingo, as temperaturas devem oscilar entre 17 ºC e 32 ºC.

Últimas de _legado_Brasil