Por victor.duarte

São Paulo - Depois de um ano inteiro em que a população pediu por mais chuvas, o indesejável voltou a ocorrer na tarde desta segunda-feira. Um curto temporal ocorrido na Região Metropolitana da Grande São Paulo causou uma série de enchentes e deslizamentos na capital paulista e em seu entorno, obrigando a Defesa Civil do Estado a entrar em ação com botes salva-vidas para ajudar os afetados.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, diversos pontos de alagamento foram registrados. As localidades mais afetadas foram os municípios de Franco da Rocha, Caieiras, Cajamar, Guarulhos, Osasco, além dos bairros de São Miguel Paulista e Jardim Pantanal, ambos na Zona Leste. Não há registro de mortos ou feridos.

Chuva caiu forte sobre várias regiões de São Paulo e causou alagamentosReprodução Internet

A localidade mais problemática foi o município de Caieiras, a 35 km do Centro paulistano. Lá, o rompimento de uma adutora, aliada às fortes chuvas, causou uma grande enchente. Também houve deslizamentos. A Defesa Civil utilizou botes para ajudar no transporte dos ilhados.

Em Cajamar, a 32 km de São Paulo, ocorreu uma chuva de 50 mm em um curto período de uma hora, o que causou uma série de contratempos. Em torno de 20 ocorrências foram registradas na região pela Defesa Civil, que resgatou pessoas de áreas alagadas.

Às 18h40, a área mais problemática no Estado era um trecho da Rodovia Anhanguera, que registrou um enorme congestionamento devido às chuvas. O trecho do km 36 ficou intransitável devido à altura da água. Também foi interrompida circulação de trens na Linha-7 (Rubi) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

De acordo com a TV Bandeirantes, uma correnteza arrastou uma pessoa na capital paulista. Ainda não há confirmação da informação.

Você pode gostar