Por victor.duarte
Publicado 05/11/2014 18:09 | Atualizado 05/11/2014 18:17

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira que só indicará o novo ministro da Fazenda após voltar da Austrália, onde participa da Cúpula do G20, nos dias 15 e 16 de novembro. O G20 reúne as 20 maiores economias do mundo.

Dilma deu a declaração após evento em que recebeu apoio do PSD, no Palácio do Planalto.

Perguntada se escolheria o substituto de Guido Mantega antes da reunião do G20, Dilma respondeu que “não dá tempo”.

A formação do novo ministério para o segundo mandato será feita “por partes”, segundo a presidenta. A pasta da Fazenda está sob o comando de Guido Mantega.

Presidenta Dilma Rousseff durante evento em que recebeu apoio do PSD%2C no Palácio do Planalto Antonio Cruz / Agência Brasil


Você pode gostar