Por victor.duarte

Brasília - O presidente do Uruguai, José Mujica, será recebido na próxima sexta-feira por Dilma Rousseff, a quem deseja "felicitar pessoalmente" por sua reeleição, informaram fontes oficiais. A reunião será realizada no Palácio do Planalto e transformará Mujica no primeiro líder recebido em Brasília após a reeleição de Dilma em 26 de outubro.

O governo uruguaio já tinha anunciado a intenção de Mujica de saudar Dilma de forma pessoal, mas ainda não tinha confirmado a data. O presidente do Uruguai esteve no Brasil em setembro, no meio da campanha eleitoral, mas só visitou a cidade de Porto Alegre e não se encontrou com Dilma, com quem mantém uma forte amizade pessoal há vários anos.

O presidente uruguaio José Mujica se encontrará com Dilma Rousseff no Palácio do PlanaltoEfe

Nessa oportunidade, o uruguaio ratificou a importância do Brasil para seu país, tanto no marco bilateral como regional, e seu papel nos processos de integração que se desenvolvem na América Latina.

"Haverá uma América Latina unida se o Brasil propuser" esse objetivo como tarefa, disse Mujica em Porto Alegre, e contou que "se o Brasil não propusesse isso", não haverá fôlego para avançar rumo a uma "autêntica" integração latino-americana.

Segundo fontes oficiais, a reunião da próxima sexta-feira servirá para que ambos os líderes façam um repasse das relações bilaterais e da conjuntura regional. Nesse contexto, está previsto que os dois farão consultas sobre as próximas cúpulas da União de Nações Sul-americanas (Unasul), prevista para a primeira semana de dezembro no Equador, e do Mercosul, que será realizada na Argentina entre os dias 17 e 18 desse mesmo mês.

Você pode gostar